Como sobreviver no mercado ante a evolução do e-commerce para pet shop?

AconteceFranquias

Sem sair de casa e por meio de alguns cliques em seu computador, tablet ou mesmo um simples smartphone, é possível comprar ração, remédios e brinquedos para os pets. Dados do Instituto Pet Brasil indicam que esse tipo de comércio movimenta R$ 2 bilhões ao ano e está em franca expansão. Segundo a ABComm (Associação Brasileira de Comércio Eletrônico), os itens do segmento pet representam o 11º tíquete médio de vendas online no país e tende a crescer.